O livro Colcha de Retalhos foi reimpresso e está disponível para compra. A obra está sendo vendida por R$15,00 - com frete incluso para todo o Brasil.

Para adquirir seu exemplar impresso, clique AQUI.

Os interessados podem solicitar o envio gratuito do e-book por e-mail: r.domit@gmail.com

Se gostar do livro, passe-o adiante!


10 de maio de 2012

Colcha de Retalhos no Guia Cultural Londrinatur

Guia Cultural
Lançamento do livro Colcha de Retalhos, de Rodrigo Domit

Data: Sábado, 5 de Maio de 2012
Local: Villa Badú
Horario: A partir das 19h.
Contato: (43) 3026-9041

O jovem e premiado escritor paranaense Rodrigo Domit retorna a Londrina no dia 05 de maio, sábado, para lançar o livro Colcha de Retalhos. O evento será realizado no Villa Badú. A obra é composta majoritariamente por contos, mas também apresenta prosas poéticas e crônicas. O texto inteligente e de agradável leitura conquistou o primeiro lugar no Prêmio Utopia de Literatura, organizado em 2010 pela Utopia Editora, de Brasília. Além disso, a publicação também foi finalista do Prêmio Nacional SESC de Literatura, em 2008.

Assim como uma colcha de retalhos, a obra apresenta-se como um emaranhado heterogêneo. Entretanto, o autor desenvolve costuras e amarras entre os temas, estilos, linguagem e ritmos. O projeto gráfico é da ilustradora londrinense Laís Brevilheri. A disposição do livro foi pensada de modo a permitir que o leitor percorra os caminhos traçados pelo escritor ou ainda percorra suas próprias linhas e costuras.

O autor

Nascido em Curitiba, Rodrigo Domit viveu em Londrina de 1984 até 2002 e atualmente reside no Rio de Janeiro. Ele é coautor do livro de contos Vem cá que eu te conto (2010) e autor deste que está prestes a ser lançado. Entre outros certames literários, já foi selecionado nos concursos Luiz Vilela (Contos - 2007), Helena Kolody (Poesias - 2008 e 2009), Prêmio SESC (Livro de Contos - 2008), Poemas no Ônibus (2010 e 2011) e Prêmio ler&Cia - Livrarias Curitiba (Contos - 2011); Além destas classificações, foi 1º colocado nos concursos: Machado de Assis (Contos - 2011), Prêmio Cidadão (Poesia - 2011) e Prêmio Utopia (Livro de Contos - 2010).


Fonte:

Nenhum comentário: