O livro Colcha de Retalhos foi reimpresso e está disponível para compra. A obra está sendo vendida por R$15,00 - com frete incluso para todo o Brasil.

Para adquirir seu exemplar impresso, clique AQUI.

Os interessados podem solicitar o envio gratuito do e-book por e-mail: r.domit@gmail.com

Se gostar do livro, passe-o adiante!


4 de abril de 2012

Colcha de Retalhos em São Paulo

Neste sábado (31/03) foi realizado o lançamento do Colcha de Retalhos em São Paulo, no Pier 1327.

Durante a noite, tive o prazer de reencontrar diversos amigos e de conhecer pessoalmente outros. Agradeço aos que estavam presentes: Larissa, editora da Utopia, César Veneziani, Renan  Carreira, Ceci e Heber, Zeh Gustavo, Maria Balé, Vivina de Assis, Jorge Nagao, Zé e Bruna, Marco e Didi, Nakao, Ton, Mary e Fabiano, entre outros.

Destaco aqui os comentários da Maria Balé e da Vivina de Assis sobre a obra:
http://livrocolchaderetalhos.blogspot.com.br/p/opiniao-dos-leitores.html

Agradeço especialmente à Amanda, que deu a dica e fez o contato com o Pier, ao Jaime, que topou receber o evento, e ao Máscara, que nos atendeu durante a noite. Dispenso agradecimentos aos que estão sempre ao meu lado e já sabem o quanto sou grato por tudo que fizeram e fazem: Aninha, Camila, Lineu e Priscila.

Também destaco a presença do Alessandro (Marreco Bill), da Geração X², e compartilho com vocês o texto que ele publicou sobre o evento e sobre a obra:



Colcha de Retalhos
por Marreco Bill
http://geracaox2.com.br/?p=2964

Sábado fui no lançamento em São Paulo do livro COLCHA DE RETALHOS de RODRIGO DOMIT no Pier 1327 na Vila Mariana.
Quando vi a capa colorida do livro, percebi o quanto a vida pode ser cinza quando causamos deliberadamente um desequilíbrio em favor do TER e deixamos o SER renegado a segundo plano.
Precisamos de conteúdo técnico, mas também precisamos de arte, pois se aquela enche nossa mente, esta enche nossos corações.
E ouso arriscar que, quando atingimos um status de ser integral, sem seccionamento profissional, pessoal, emocional, espiritual etc., a arte passa a ser inserida no trabalho: O professor vira ator, o advogado vira poeta, o administrador vira maestro…
Percebam que a degustação da Colcha de Retalhos têm me trazido uma inspiração há tempos negligenciada.

Marreco Bill e Rodrigo Domit

Por ser um livro composto de prosas curtas, o essencial é dar espaço para o leitor viajar.
É uma obra que tende ao minimalismo, buscando a concisão e eliminação de tudo que não for estritamente necessário.
É uma delícia de ler! Meus retalhos preferidos até o momento: “Desfigurado”, “Incapacidade”, “Insatisfeita” e “Antropofagia”.

E como eu não poderia deixar o evento passar sem dar uma marrecada, depois de bater papo com o Rodrigo e sua esposa, tirar fotos, ter o meu livro, do Kchaço e do Chups autografado, fui embora e quando estava chegando em casa me toquei:

Putz! Esqueci de pagar os livros…

Nenhum comentário: